Do sanatório

A olhar para um campo de concentração, com o mar ao fundo, interrogo-me, a que se deve a ausência de fornos. Será um resquício de humanidade, ou apenas falta de verba, para dar continuidade aos trabalhos, intelectuais, forçados? * Ainda acabo com um canivete suíço nas mãos, a esculpir coisas fofinhas nas árvores

Read More Do sanatório

Síndrome de mim mesma

  Hoje acordei com a sensação de ser portadora de uma qualquer doença, não importa o nome ou tipo mas sim, a certeza de que sofro de alguma. É que ao fim de algum tempo percebemos que o nosso tempo é escasso e, ou culpamos alguém, ou não havendo quem culpar, percebemos que estamos tramados. Ainda […]

Read More Síndrome de mim mesma

Voo rasante

Recebo várias simpáticas, advertências, por conta da minha ousada forma de me “fazer à pista”. De facto, “arriscar a vida”, não significa que estejamos perante um corajoso, pode, simplesmente, tratar-se de um estouvado a tentar impressionar. A verdade é que no meu caso, as minhas abordagens são bastante úteis, principalmente, porque gosto de arriscar, fazer […]

Read More Voo rasante